Reuse Um Clássico

Roupa, claro, é para usar. E cuidar, apreciar, re/usar. Ciclo duradouro que mais do que nunca merece (voltar a) se tornar algo clássico, essencial.

 

Especialmente quando falamos dessa base mais sólida do vestir: as peças clássicas e suas releituras, renovações, tanto entre si quanto combinadas a complementos diversos.

 

A roupa e o re/uso, das que já temos às que compramos, herdamos, garimpamos. 

 

Nessa sessão destaco o valor, crescentemente consolidado, celebramos, de se tornar ainda mais clássico o gesto do re/uso através de brechós, bazares, trocas...

 

Assim como um incentivo ao "garimpo" - e trocas, e novos usos e ciclos - das peças básicas, clássicas, que fortalecem essa base atemporal do vestir. Para seguirmos re/usando e aprimorando um maior equilíbrio também entre peças novas e de segunda mão.

 

Afinal, se tem uma roupa que tem tudo para uma vida longa, são os clássicos. Sua história permanece viva: de como surgiram às vivências marcantes e do dia a dia.

 

Acompanhe os artigos, participe dessa conversa e receba a newsletter.

2f0cf4468b217db7ebe3cfa0d70beb64.jpg

No movimento de simplificar o vestir, comum a tantas pessoas,  um olhar à nossa história com as roupas tem muito a nos ajudar

3_edited.jpg

 

A rosa e sua simbologia clássica, do amor, se sintoniza bem com a força do reuso tanto no dia a dia quanto o de segunda mão

  • Instagram
  • Pinterest
  • Preto Ícone Spotify

 © 2020