Praticidade no Vestir = Tempo


Para citar a praticidade no vestir como um todo, a palavra essencial: tempo. Base do movimento slow e de nossa busca de sempre, mais tempo para nós, para quem e o que mais importa, para fazer as coisas com mais calma.

Enquanto o tempo dedicado ao vestir segue pessoal, pode ser comum a nós que ao fortalecer uma base de clássicos precisamos de menos tempo para “acertar” na escolha, limpar as roupas, organizar o armário. Menos tempo com tantas compras, tantas dúvidas e até desapegos futuros.

Me veio em mente que para um vestir e comunicar com mais equilíbrio podemos recepcionar um pouco mais da energia masculina, essa polaridade que todas e todos manifestamos através da assertividade, clareza, lógica, objetividade, coragem, iniciativa, praticidade.

Não como um incentivo, claro, a enfraquecer o feminino, a deixar de nos cuidar bem ou de gostar de uma dedicação maior ao vestir, e sim de olharmos mais a fundo o quanto de tempo - essa moeda mais valiosa e sem retorno! - temos dedicado a algo que pode se tornar mais simples, claro e eficiente sem perder a sintonia a quem somos, em essência, a como nos sentimos (expressar) no momento.

Que o vestir através de uma base de clássicos + seus complementos pessoais (veja em alguns posts atrás) possa te inspirar também a poupar mais tempo para as outras escolhas (ainda mais) relevantes.

Que o vestir seja, além de tudo, movimento e fluidez para fazer o que tem que ser feito, o que queremos que seja feito. Que seja a apreciação da simplicidade e do equilíbrio, nos permitindo redirecionar atenção, tempo e energia ao que mais (nos) motiva, realiza, desacelera, acalma... a cada dia. 🌹

  • Instagram
  • Pinterest
  • Preto Ícone Spotify

 © 2020